Ouça aqui a

Assaltante é morto por policial durante roubo a supermercado
07/08/2012 00:30:02

 
O assalto aconteceu no supermercado da Rede Zebu, na loja do Jardim Induberaba, por volta das 20h de sábado
 
Assalto registrado na noite de sábado, em um supermercado no Jardim Induberaba, terminou na morte de um homem e um policial militar preso. O homem morto, segundo documento lavrado pela Polícia Militar (PM), teria assaltado clientes no supermercado e policial a paisana aguardava na fila para fazer pagamento de suas compras. O acusado de assaltar teria sacado um revolver e o militar reagiu.
Conforme apurou a reportagem do Jornal da Manhã, por volta das 20h de sábado, a Polícia Militar, através do 190, foi acionada no Supermercado Zebu Carnes, na avenida Tonico dos Santos, onde, segundo solicitante, estava ocorrendo um assalto a mão armada. Ao chegarem no local, os militares depararam com o desocupado Maicon de Paula Luiz, 26 anos, morador do bairro Cartafina, ferido e sendo contido do lado de fora do estabelecimento comercial. 
Segundo relato de testemunhas, Maicon de Paula Luiz adentrou no Supermercado Zebu Carnes, armado de um revólver, possivelmente calibre 32, e de capacete preto na cabeça, anunciou o assalto apontando a arma para clientes na fila do caixa. Em alto e bom tom determinou que as funcionárias abrissem os caixas. Como ficaram apavoradas, o acusado começou a roubar os clientes que estavam nas filas. 
Demonstrando nervosismo, colocou a arma na cabeça do operador de máquinas F.S.C., 22 anos e pegou de uma de suas mãos a quantia de R$ 50 em dinheiro. Em seguida foi até o servidor público M.G.D., 35, e tomou dele um aparelho celular Móbile Q5. Ao aproximar de outro cliente, que também estava na fila do caixa, o soldado da Polícia Militar de Roraima, Alex Santos Caetano, 31 anos, foi surpreendido. O militar sacou de sua arma de fogo e gritou: “Parado polícia”. 
O assaltante, conforme testemunhas, teria apontado seu revólver para o militar e puxado o gatilho por duas vezes, porém, os projéteis “picotaram” (falharam). O policial militar de Roraima também disparou dois tiros, sendo que um acertou a nádega direita, quando o acusado tentava fugir. Já do lado de fora do Supermercado Zebu Carnes, Maicon de Paula Luiz deixou o revólver cair e ainda correu por cerca de 100 metros, sendo parado e dominado pelo sargento PM, também de Roraima, Silas Dias Rodrigues, 49 anos, que acompanhava o soldado Alex. Quando uma viatura do Tático Móvel da Polícia Militar em Uberaba chegou, Maicon sangrava muito. Os militares de Uberaba rapidamente o colocaram no carro policial e o levaram para o pronto-socorro do Hospital de Clínicas da UFTM, mas não resistiu e morreu.

Comentar